Categoria: TV APUFPR

apufpr-LIVE-Lockdown.jpg
15 de março de 2021
A prefeitura de Curitiba decretou lockdown. A capital paranaense chegou ontem (14) a 99% de ocupação de seus leitos de UTI. O estado do Paraná tem a maior fila de pessoas à espera de leitos de enfermaria e de UTI no Brasil.
Na live da APUFPR de hoje (15), às 12h, essa e outras perguntas serão respondidas por especialistas das mais variadas áreas – saúde, política, ciência etc.

apufpr-Reforma-Administrativa.jpg
11 de março de 2021

Você sabia que além de retirar direitos dos servidores em atividade e daqueles que ingressarão no serviço público, a Reforma Administrativa proposta pelo governo Bolsonaro prejudica profundamente quem já se aposentou?

Como parte da série de vídeos da APUFPR sobre a proposta do governo, neste episódio vamos explicar como a PEC 32 pretende extinguir reajustes no benefício dos aposentados ao quebrar o Regime Jurídico Único, propor novos tipos de vínculos funcionais e extinguir carreiras.

É um ataque aos docentes que tanto fizeram pela universidade pública, gratuita e de qualidade!

Assista:

 

Fonte: APUFPR

apufpr-Reforma-Administrativa.jpg
24 de fevereiro de 2021

Você sabia que a Reforma Administrativa vai trazer grandes prejuízos para a população brasileira e gerar perdas para todo o funcionalismo público?

É isso mesmo, as diversas carreiras, incluindo a de professores das universidades federais, serão prejudicadas se a PEC 32 for aprovada.

Neste episódio, vamos te mostrar todos os problemas que essa reforma vai trazer para os professores e para a educação.

 

Fonte: Apufpr

APUFPR-participa-de-grande-carreata-s.jpg
1 de fevereiro de 2021

Vacina é ciência. Vacina é vida. E deve ser para todos.

Por isso, a APUFPR participou ativamente da organização de um novo (e imenso) protesto, realizado no domingo (31/1), em defesa da vacinação em massa e contra as irresponsabilidades do Governo Federal, que pouco fez para proteger os brasileiros.

 

Desde que a primeira dose da vacina contra o novo Coronavírus foi aplicada no país (17 de janeiro), apenas cerca de 1,8 milhão de pessoas foram imunizadas – bem abaixo da capacidade de nosso sistema de saúde e muito inferior ao que está sendo feito por outros países.

Para se ter uma ideia, no Paraná somente pouco mais de 2% da população que deve ser imunizada tem a garantia de que receberá a imunização, organizada a partir do governo estadual.

O estado é de calamidade, e as atitudes do presidente da República, Jair Bolsonaro, só pioram a situação: focado em retardar o controle da doença a qualquer custo, ele contribuiu deliberadamente para a propagação da pandemia no Brasil.

Mais protestos irão acontecer, e a APUFPR estará lá lutando até que todos sejam imunizados.

 

 

Fonte: APUFPR


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS