Paim e Cristovam lamentam decisão de Temer de não renunciar

O presidente Michel Temer fez pronunciamento nesta quinta-feira (18) sobre as denúncias de que teria dado o aval para que repasses de dinheiro fossem feitos para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Os senadores Paulo Paim (PT-RS) e Cristovam Buarque (PPS-DF) acompanharam o pronunciamento e lamentaram o fato de Temer ter garantido que não renunciaria ao cargo.

Paulo Paim lembrou que, durante debate no Plenário, pela manhã, os senadores falaram sobre a expectativa de que ele renunciasse para preservar o país. O senador petista espera que, caso não haja mesmo a renúncia, o Tribunal Superior Eleitoral “assuma a responsabilidade” e casse o mandato do presidente. Já Cristovam Buarque afirmou que Temer deveria ter reconhecido que perdeu a credibilidade e que não terá condições de governar. Os senadores conversaram com a repórter Hérica da Christian, da Rádio Senado. Ouça as entrevistas.

 

Fonte: Agência Senado


Últimos posts



BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS