Aposentados da APUFPR debatem o extremismo na política brasileira

26 de outubro de 2022
APUFPR - Aposentados discutem extremismo política SITE

O Coletivo de Aposentadas e Aposentados da APUFPR se reuniu nesta terça-feira (25) para debater o extremismo na política brasileira. Para se aprofundar no tema, o sindicato convidou o professor Emerson Urizzi Cervi para abordar as origens e tendências do discurso social da extrema direita e do movimento bolsonarista. O evento foi realizado no auditório da APUFPR.

Na reunião, Cervi apresentou o seu artigo “Quando o discurso social de direita encontra políticos demagogos e instituições democráticas enfraquecidas: o caso do extremismo brasileiro”, recentemente publicado pela revista acadêmica espanhola Más Poder.

O docente, que integra o Departamento de Ciência Política da UFPR, trouxe pontos que explicam as raízes sociais do conservadorismo, das desigulades e do movimento antidemocrático que culminou no que se chama de “bolsonarismo”.

 

O enfraquecimento das instituições políticas

A questão principal do debate girou em torno das origens que levaram à ascensão do extremismo na política brasileira. Para Cervi, sempre houve um movimento reacionário, mas que era contido pela força das instituições políticas do país. “O que nós temos hoje no cenário político brasileiro é um movimento reacionário às mudanças sociais das últimas décadas. Quando as instituições se enfraqueceram, especialmente por fatores como a Operação Lava-Jato, esse movimento teve a oportunidade de chegar ao poder. Há um curto-circuito na elite política brasileira”, afirma o professor.

No debate, os docentes aposentados levantaram alguns pontos de contribuição, como a estratégia coordenada de ação extremista nas redes sociais, o alinhamento com o fascismo e o posicionamento geopolítico do Brasil com um governo de extrema direita. Também foi apontada a contribuição do sistema de comunicação brasileiro na consolidação da imagem do atual presidente da república.

 

Fonte: APUFPR


Últimos posts



BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS