LIVE – Como os outros países estão enfrentando a pandemia? (e como estão enxergando a falta de controle no Brasil)

19 de março de 2021
APUFPR-live-pandemia-exterior-s.jpg

Os convidados da live da APUFPR desta sexta-feira (19), das 12h às 13h, são o médico sanitarista Adriano Massuda e o professor da UFPR José Eduardo Padilha de Souza, que irão debater sobre como os outros países estão enfrentando a pandemia, e como estão enxergando a falta de controle no Brasil.

Adriano Massuda é pesquisador visitante da Escola de Saúde Pública de Harvard (EUA), já foi secretário de Saúde de Curitiba, é professor e pesquisador do Centro de Estudos em Planejamento e Gestão de Saúde da FGV-EAESP e integrante do Comitê Assessor de Relações Internacionais da Abrasco.

José Eduardo Padilha de Souza é diretor do campus Jandaia do Sul da UFPR e coordena os trabalhos do projeto que utiliza impressoras 3D para fabricação de protetores faciais do tipo “face shield”, que é um Equipamento de Proteção Individual (EPI), com destinação aos profissionais da área de saúde atuantes no combate ao COVID-19. O projeto já entregou milhares de protetores para unidades hospitalares de diversas regiões do estado.

A conversa será transmitida pelo Facebook e Youtube da APUFPR.

 

Brasil: uma ameaça para o mundo

Nas últimas semanas, o Brasil se tornou o epicentro da pandemia no mundo, com o iminente colapso na rede de atendimento em todas as regiões do Brasil, falta de leitos de UTI e níveis alarmantes de contaminação e morte, ultrapassando os 3 mil óbitos diários.

A falta de condução e negligência do Governo Federal assusta a comunidade internacional. Em matéria divulgada na última quarta-feira (17), o jornal americano The Washington Post afirma que “o desastre progressivo do coronavírus no Brasil é uma ameaça para o mundo”. O texto ressalta as inúmeras falhas do país para lidar com a pandemia.

Um exemplo foi a recusa do Poder Executivo à lote com 70 milhões de vacinas da Pfizer, com entrega prevista para dezembro de 2020. Além disso, como chefe de Estado, o presidente não segue protocolos de prevenção, tendo fomentado aglomerações, incentivado o não-uso de máscaras, questionado a eficácia de imunizantes, promovido o uso de tratamentos sem respaldo científico e zombado pela morte de pessoas neste um ano de pandemia.

Além disso, a falta de controle também transforma nosso país em uma incubadora do vírus, com a presença de diversas variantes que, combinadas, podem gerar outras ainda mais perigosas.

Estudos apontam que as novas mutações aumentam o risco de contágio. Especialistas temem que as variações tenham capacidade maior de driblar os anticorpos e, com isso, reduzir a eficácia das vacinas.

Tendo em vista a urgência e complexidade do assunto, esses são alguns tópicos que abordaremos amanhã!

A live integra a série de conversas propostas pela APUFPR durante o lockdown em Curitiba.

 

Participe e divulgue:

LIVE – Lockdown em Curitiba: Como os outros países estão enfrentando a pandemia? (e como estão enxergando a falta de controle no Brasil)

Quando? 19/3 (sexta-feira)

Horário: 12h às 13h

Onde?

No Youtube e no Facebook

 

Fonte: APUFPR


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS