APUFPR lança campanha para desmascarar o Future-se

APUFPR lança campanha para desmascarar o Future-se

2019-09-13T16:12:09+00:0013 setembro 2019|

Desde que o projeto Future-se foi anunciado, em 16 de julho, diferentes setores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) vêm realizando debates entre docentes, técnicos administrativos e estudantes para disseminar a verdade sobre o programa do Governo Federal.

Dentro da instituição, muitos já conhecem as ameaças que o projeto representa. Mas ainda é necessário alertar o mais amplamente possível a comunidade acadêmica e a sociedade em geral sobre os prejuízos que sua implementação causaria não só às universidades federais, mas a todo o país.

Isso porque o Future-se apostou forte na comunicação: seu comercial de apresentação ocupou mais de dois minutos do horário nobre das principais redes de televisão brasileiras. Aparentemente explicativo, usa-se de falácias para encher de promessas e enganar os mais desavisados.

Bem sabemos que a realidade é outra: logo no documento oficial não são esclarecidos pontos-chaves sobre o funcionamento do programa. Ao contrário, é nítida sua construção retórica para permitir diferentes interpretações. As definições são vagas, e suas poucas informações não expõem dados ou pesquisas nem estão detalhadas.

Como desmentiremos o projeto

Se o Future-se se usou de comunicação impactante para mentir, a APUFPR se usará da mesma estratégia, mas para falar a verdade.

O sindicato demonstrará, em peças online e voltadas às redes sociais (via Facebook, Instagram e Whatsapp, por exemplo), o que realmente está por trás dos objetivos do projeto, por meio da oposição VERDADE x MENTIRA.

Abordando as promessas elencadas no vídeo oficial do Future-se, uma a uma, as mentiras serão reveladas.

Diferente das imprecisões do documento governamental, as peças da campanha contextualizam o usuário com dados e informações detalhadas. Isso tudo para provar que o Future-se parece muito bom para ser verdade. E não é: nem bom, nem VERDADE.

Fique ligado em nossas redes sociais e compartilhe a campanha com seus familiares, amigos e alunos. Todos precisam ter a real dimensão do que pode estar por vir.