Notícias Sindicais2019-02-17T23:58:29+00:00

A Câmara dos Deputados está analisando uma proposta de lei apresentada pelo atual secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly (PSDB), que prevê cobrança de mensalidades nas universidades federais. O valor poderia variar de acordo com a renda de cada aluno. O projeto foi apresentado em 1995 e desarquivado pelo próprio Hauly no início desta legislatura. Agora, recebeu parecer favorável do relator na Comissão de Constituição e Justiça, deputado Assis Carvalho (PT-PI). Só não houve votação na última sessão da CCJ porque dois outros deputados petistas, Luiz Couto e Vicentinho, apresentaram voto em separado argumentando a inconstitucionalidade da ideia. Pelo projeto de Hauly, os alunos carentes continuariam estudando de graça nas universidades públicas. Os que tivessem possibilidades financeiras seriam cobrados. De acordo com o projeto, o atual sistema, em que todos estudam de graça, estaria criando uma barreira social, já que a competição entre mais ricos e mais pobres pelas vagas ...

A queda da MP 520/10 é vista pelo ANDES-SN como uma grande conquista do movimento conjunto, de várias entidades, contra a medida, que criava a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), para administrar os Hospitais Universitários.   “A MP 520 é considerada uma afronta à autonomia universitária e à prestação de serviço público e gratuito à população”, ressalta Bartira Silveira Grande, 1ª vice-secretária da Regional Sul do ANDES-SN (veja na íntegra). Histórico Desde o início do ano, o ANDES-SN se uniu as diversas entidades no combate à MP 520, editada em 2010 pelo governo Lula. No último congresso do ANDES-SN, realizado no último mês de fevereiro, os docentes deliberaram pela participação ativa da entidade na luta contra a MP 520, com o envolvimento de suas seções sindicais, levando a discussão para a base. Fonte: ANDES-SN ...

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou nesta quarta-feira proposta que estabelece a eleição direta para escolha de reitores, vice-reitores e diretores das instituições públicas de educação superior. Conforme a proposta, participarão da votação os professores, alunos e servidores técnico-administrativos, nos termos do disposto em seus estatutos e regimentos. A proposta, que tramitou em caráter conclusivo, retorna para o Senado, por ter sido alterada na Câmara. O texto também determina que o órgão colegiado deliberativo superior das instituições públicas de educação superior será formado de forma democrática, com 2/3 dos assentos ocupados por membros da comunidade acadêmica e 1/3 por representantes da sociedade civil local e regional. Em cada um dos demais órgãos colegiados e comissões, os professores ocuparão 70% dos respectivos assentos, inclusive nos que tratarem de elaboração e modificações estatutárias e regimentais, bem como da escolha de dirigentes. O texto aprovado foi o substitutivo da Comissão de Educação e ...

A destinação de pelo menos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do país para a Educação é uma das lutas prioritárias do ANDES-SN, em torno da qual o sindicato docente buscará articular outras entidades dos movimentos sindical, social e estudantil. “Do nosso ponto de vista, o novo Plano Nacional de Educação (PNE) não contempla as demandas da sociedade brasileira em relação à educação. É por isso que queremos unificar as entidades combativas em torno da luta pela ampliação do financiamento, que é uma bandeira histórica do conjunto dos movimentos desde a elaboração do primeiro PNE, em 1997”, explica o 2º vice-presidente da Secretaria Regional Sul do ANDES-SN, Cláudio Tonegutti, que é um dos coordenadores do Grupo de Trabalho de Política Educacional (GTPE). De acordo com Tonegutti, o PNE construído pelo governo com o apoio de entidades da sociedade civil ficou muito aquém do que deveria ser um plano decenal ...

Temas como a necessidade de vagas docentes, a crise nos CAp/Cefet e a necessidade de mais recursos para a Educação já foram introduzidos nesta primeira reunião O ANDES-SN e a Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC) estabeleceram uma agenda comum para discussão de temas de interesse dos docentes, em audiência realizada no final da tarde desta quinta-feira (2/6), com o secretario da Educação Superior, Luiz Cláudio Costa. Na audiência, governo e sindicato abordaram preliminarmente temas como a crise nas instituições federais de ensino (IFE), envolvendo os Colégios de Aplicação (CAp), Centro Federais de Educação Tecnológica (Cefet) e as universidades que padecem com a falta de professores, funcionários, salas de aula e demais obras de infra-estrutura. A presidente do ANDES-SN, Marina Barbosa Pinto, abriu a audiência repassando ao secretário a pauta de reivindicação da categoria, já protocolada anteriormente no órgão, que inclui a proposta de Plano de Carreira ...

No último dia 26 de maio, o jornal Gazeta do Povo publicou uma denúncia sobre a cobrança indevida de mensalidades em programas de pós-graduação interinstitucionais promovidos pela UFPR, em parceria com instituições privadas de ensino. Pelo menos dois casos de mestrados interinstitucionais (Minter) da UFPR – o mantido com a Universidade Paranaense (Unipar), de Umuarama, e o convênio com a Faculdade Dinâmica das Cataratas (UDC), de Foz do Iguaçu – foram alvo de denúncias e estão sob investigação do Ministério Público Federal, do Tribunal de Contas da União e da Polícia Federal. A suspeita é de que as instituições conveniadas receberam mensalidade dos alunos que cursaram o mestrado promovido pela UFPR. Essa cobrança contraria determinações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o artigo n° 206 da Constituição Federal, que define que o ensino de pós-graduação strictu sensu ministrado pelas universidades públicas deve ser gratuito. Segundo declarações do Ministério ...

Prezados professores, a terceira edição do Bazar Talentos e Habilidades dos Professores Aposentados está com novidades neste ano de 2011. O bazar será itinerante para poder divulgar melhor os trabalhos dos professores aposentados no interior da Universidade Federal do Paraná.  Locais de realização- Saguão da Reitoria (14 de junho)- Saguão de entrada do Setor de Ciências Biológicas (20 de setembro) – Sede da APUFPR (29 de novembro). Convidamos todos os professores aposentados a mostrarem suas obras artísticas ou de artesanato no III Bazar. As inscrições deverão ser feitas na APUFPR até 10 dias antes de cada exposição, e os trabalhos devem ser dos próprios professores.  Nas edições anteriores tivemos mostras de pintura, escultura em madeira, bonsai, vidro em fusão, mosaico em vidro, tapeçaria, cerâmica, bijuteria, patchwork e ikebana. ...

A diretoria da APUFPR-SSind informa que a Associação possui convênio com apenas duas corretoras de seguros: a Ecoverde Seguros e a Vida-Cor Seguros. Somente essas duas estão autorizadas a atender os docentes da UFPR como empresas conveniadas ao sindicato.  Alguns professores filiados a APUFPR-SSind receberam telefonemas de outras empresas que se apresentaram como também conveniadas a APUFPR-SSind. Os docentes devem estar atentos as possíveis fraudes e qualquer contato telefônico de empresas que utilizem o nome da Associação devem ser denunciado imediatamente para a APUFPR-SSind. Em caso de dúvida, o docente deve entrar em contato a Associação ou então com as corretoras de seguro conveniadas: Vida-Cor-SegurosTelefones: 3376-9077 / 3075-8525 / 3075-8512 Ecoverde SegurosTelefone: (41) 3219-5900 ...

A APUFPR-SSind informa que o Bar Doce Bar da entidade ficará fechado durante os meses de junho e julho devido à necessidade de ser reestruturado para melhor receber os docentes associados. A reforma tem como objetivo melhorar o espaço de lazer do sindicato. Bar Doce Bar O Bar da APUFPR-SSind foi reaberto na gestão 2009-2011, após uma grande reforma realizada na cozinha do estabelecimento. O espaço foi otimizado e o cardápio atualizado para que os docentes tivessem um local agradável para confraternizações. ...

Voltar