Tag: bolsonaro

Paulo_Guedes_ciencias_covid.jpg
25 de maio de 2021

Mais de 80 entidades científicas, acadêmicas e de inovação nacionais enviaram uma carta ao ministro da Economia, Paulo Guedes, solicitando esclarecimentos sobre um repasse de R$ 5 bilhões prometido ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), mas que ainda não foi efetuado.

O anúncio desses recursos ao MCTI foi feito pelo próprio Paulo Guedes no início de maio, em audiência pública na Câmara dos Deputados. Os R$ 5 bilhões eram provenientes da Reserva de Contingência do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), que foi extinta por uma lei em março deste ano mas teve seus valores bloqueados pela Lei Orçamentária Anual aprovada para 2021.

De acordo com as entidades que assinam a carta, a liberação imediata dos recursos irá evitar o colapso da Ciência e Tecnologia no País e a paralisação de importantes programas do CNPq, além da descontinuidade de pesquisas e atividades em laboratórios.

A APUFPR apoia a iniciativa e ressalta a importância da ciência e tecnologia para o país, especialmente no contexto da pandemia, em que universidades estão desenvolvendo pesquisas sobre o Coronavírus e para a fabricação de imunizantes contra a doença e suas variantes, como a própria UFPR tem feito.

É essencial que o Governo Federal e o ministério da Economia esclareçam o mais rápido possível quando esses recursos serão liberados.

“Não há futuro para o país sem educação, ciência, tecnologia e inovação. Cortar recursos para essas áreas prejudica gravemente a população, inclusive a sua sobrevivência e qualidade de vida. Eles são igualmente fundamentais para a recuperação da economia e a geração de empregos, e para possibilitar que o país possa competir internacionalmente e preservar sua soberania. O atual sistema de ciência e tecnologia, que tem prestado relevantes serviços ao país, foi construído ao longo de décadas de esforços continuados. Bastam, no entanto, poucos anos de penúria para que seja destruído”, afirma um trecho da carta, que pode ser consultada na íntegra aqui.

ARTICULAÇÃO NACIONAL EM DEFESA DA CT&I

O manifesto foi assinado pelas oito entidades que compõem a Iniciativa para Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br), entre elas a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), e é endossado por outras 80 organizações.

Apesar de o ANDES-SN não estar entre as entidades apoiadoras da iniciativa, a APUFPR considera essa grande articulação um exemplo de construção coletiva, porque o enfrentamento ao pensamento anticientífico do governo precisa ser construído com todos os setores que estiveram dispostos a lutar por um país mais desenvolvido, justo e soberano.


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS