Notícias Sindicais2019-02-17T23:58:29+00:00
NACIONAL
APUFPR-SSind está participando do 64º Conad

Começou ontem (11) o 64º Conselho do ANDES-SN (Conad), que está sendo realizado na Universidade de Brasília (UnB). A APUFPR-SSind está participando das discussões na capital federal, que já começaram com o tema Movimento Docente e Conjuntura: a avaliação da atuação do ANDES-SN frente às ações estabelecidas no 38º Congresso. O delegado que está representando o sindicato no evento é o secretário-geral da APUFPR, Paulo Opuszka. Já os professores Roberto Braga Portella, Sandra Mara Alessi e Maria Suely Soares participam do Conselho como observadores e suplentes. “O cenário nacional é um dos piores da história do Brasil. Direitos renegados, conquistas destruídas, completo desrespeito aos trabalhadores. Caberá ao movimento sindical docente organizar-se na luta por direitos e pela própria democracia ao mesmo tempo em que reflete a crise, papel que o intelectual professor sempre teve”, afirma Opuszka. Os debates seguem até o próximo domingo (14) e irão abordar diferentes aspectos da defesa da universidade pública ...

Nota
Nota de apoio à greve dos professores e demais servidores públicos do Paraná

A APUFPR-SSind vem a público manifestar seu apoio à greve dos professores e dos demais servidores públicos do estado do Paraná, deflagrada em 25 de junho pelos trabalhadores que atuam na rede estadual de ensino e aderida por outras categorias desde então. A mobilização é uma resposta aos longos anos de descaso do governo do estado, que culminaram em uma grande defasagem salarial acumulada, que afeta profundamente a vida dos servidores e de suas famílias. Como docentes, temos o compromisso com a educação em todas as esferas, e não apenas na universidade onde trabalhamos. Por isso, nos solidarizamos com os professores da rede estadual de educação, que atuam com responsabilidade e compromisso mesmo diante de tantas limitações salariais e estruturais. Defendemos a educação como mola propulsora do econômico e desenvolvimento social de um país. Por isso, acreditamos que um governo que não trata bem seus professores, estará invariavelmente comprometendo o futuro da sociedade. A ...

CINEMA
Cineclube Campus Central exibe dois filmes no próximo fim de semana

O Cineclube Campus Central da UFPR é um projeto coordenado pelo docente Emmanuel Appel, do Departamento de Filosofia. A iniciativa promove sessões de cinema gratuitas, seguidas por um debate com os participantes. A próxima exibição promovida pelo Cineclube está marcada para o próximo fim de semana. A atividade irá acontecer em dois horários: na sexta-feira (5), às 19h, e no sábado (6), às 14h. O encontro será no Anfiteatro 400 do Setor de Ciências Humanas, no Prédio Dom Pedro I, no campus Reitoria. Dessa vez, o principal filme da sessão será a ficção histórica O Jovem Marx (2017), do diretor haitiano Raoul Peck. O longa retrata o início da amizade entre Karl Marx e Friedrich Engels, e como os debates de ideias entre os dois foram cruciais para o futuro do movimento operário. Também será exibido o curta-metragem de animação Um Jovem Chamado Engels (1970), dirigido pela cineasta alemã Katja Georgi. A ...

PRIVATIZAÇÃO
Capes sob ataque: projeto de privatização de pós-graduação caminha a passos largos

O projeto de desmonte da Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes) não é novidade para quem vive na pele os efeitos dos sucessivos cortes orçamentários que atingem a ciência e a tecnologia no Brasil. O cenário, no entanto, se revelou particularmente alarmante na última reunião do Conselho Superior do órgão, realizada em Brasília no dia 19 de junho. Segundo informações de docentes que participaram do encontro, a reunião foi marcada pelo clima tenso e pelo tom agressivo por parte dos representantes do Ministério da Educação (MEC), que está focado em seguir a austera agenda econômica do Governo Federal e não em garantir verbas para que pesquisadores possam dar continuidade aos seus trabalhos. No encontro colegiado, representantes da pasta teriam sinalizado claramente a intenção de firmar acordos com a iniciativa privada e atacado as universidades públicas, que são responsáveis por desenvolver quase 95% da produção científica do país. Para que essa aproximação ...

nota
Nota de apoio aos docentes da PUCPR expostos a plano de carreira que retira direitos

A APUFPR-SSind tem como uma de suas bases o compromisso inalienável com a educação. Por conseguinte, construímos um laço de solidariedade com todos os profissionais envolvidos no ambiente acadêmico em todos os níveis e esferas, e não apenas com aqueles que atuam na UFPR. Lutar para que os professores tenham condições adequadas de trabalho em toda e qualquer instituição de ensino é uma bandeira de todas as entidades sindicais relacionadas à educação. Por isso, nosso sindicato vem a público manifestar apoio aos docentes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). De acordo com informações do Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana (Sinpes), a instituição está propondo um plano de carreiras e salários que não foi negociado com a entidade e que segue na contramão da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) firmada com a categoria. O documento altera alguns direitos fundamentais. Diante do cenário delicado pelo qual passa a ...

REFORMA
Reforma da Previdência: texto substitutivo da PEC segue ameaçando direitos

Poucos dias após a Greve Geral de 14 de junho, a Câmara dos Deputados iniciou as discussões sobre o texto substitutivo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019. A nova versão da Reforma da Previdência foi apresentada pelo relator, o deputado Samuel Moreira (PSDB/SP). Algumas mudanças mostram que os parlamentares estão sentindo a pressão exercida pela luta unificada dos trabalhadores em defesa da aposentadoria. O regime de capitalização e a redução do Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, não são mais mencionadas. Contudo, alguns dos principais e mais graves retrocessos da proposição continuam ameaçando a seguridade social. Como a nova versão da PEC afeta os docentes federais? O substitutivo mantém o projeto de dificultar o acesso dos futuros docentes federais à aposentadoria, estabelecendo os seguintes critérios: idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens; 25 anos de contribuição; 10 anos de efetivo serviço – ou seja, sem contar licenças; 5 anos no ...

Arte de Rua
Pesquisa coordenada por docente da UFPR investiga a arte de rua em Curitiba

As manifestações culturais no espaço público são plataformas para amplificar vozes, corporalidades e vivências, sobretudo de grupos marginalizados. Quando acontecem longe da região central, essas apresentações são um retrato ainda mais preciso dos diferentes grupos sociais que ocupam as cidades. O projeto de pesquisa Arte dos lugares, arte nos lugares tem a arte de rua como sua matéria-prima. O trabalho é coordenado pelo docente Marcos Torres, do Departamento de Geografia da UFPR. Envolvendo alunos de graduação por meio de bolsas de iniciação científica e de extensão, o professor analisa os aspectos sociais e territoriais dos artistas de rua pela cidade, trabalhando com música, artes visuais e performance. Saiba mais no episódio de hoje de Universidade Além dos Muros: Pesquisa coordenada por docente da UFPR investiga a arte de rua em Curitiba As manifestações culturais no espaço público são plataformas para amplificar vozes, corporalidades e vivências, sobretudo de grupos marginalizados. Quando acontecem longe da região central, ...

Ameaças
Eleições para reitores de universidades federais ameaçadas

Na década de 1980, lutar pelas eleições para reitores nas universidades federais significava se mobilizar pela superação de décadas de autoritarismo da ditadura militar. Na época, diversos setores da sociedade se mobilizaram para defender o direito de se expressar e de de fazer valer a vontade popular por meio do voto.  Nas universidades públicas não foi diferente. Foram necessários anos de luta para que a comunidade acadêmica tivesse voz nos processos de decisão ligados à Universidade Federal do Paraná (UFPR). A primeira eleição direta para reitor da universidade, por exemplo, só foi realizada em 1985, em uma época em que a reconstrução da democracia guiava as ações da sociedade civil organizada. Hoje, infelizmente, essa conquista está ameaçada pela postura autocrática do Governo Federal, que vem ignorando sistematicamente os mecanismos de democracia universitária no país. O episódio mais recente ocorreu na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) quando o Ministério da Educação (MEC) ignorou ...

Resultado
Docentes aposentados escolhem representantes do segmento para o CRAPUFPR

Mais uma reunião de docentes aposentados da UFPR foi realizada na tarde de terça-feira (25), na sede do sindicato. A atividade foi espaço de um processo muito importante: a escolha dos representantes do segmento no Conselho de Representantes da APUFPR-SSind (CRAPUFPR). Os professores escolhidos para representar os aposentados no Conselho têm a função de apresentar e defender as reivindicações políticas do segmento, incluindo as perspectivas de quem já saiu da ativa na pauta de luta do restante da categoria. As docentes eleitas pela categoria foram Milena Maria Costa Martinez e Celina Lacerda Ferreira. Durante o encontro, o presidente da APUFPR-SSind, Paulo Vieira Neto, celebrou a realização da votação e ressaltou a importância do caráter democrático da escolha das representantes dos aposentados. “As escolhidas irão representar os interesses dos docentes aposentados, mas não apenas isso. Este coletivo tem uma importância política muito grande. Nós estamos vivendo um momento complicado, com muitos ataques à nossa Universidade, e ...

Voltar