Notícias Sindicais2019-02-17T23:58:29+00:00
ATAQUE
Caráter social sob ameaça de extinção

Com o Future-se, as universidades públicas perderão o compromisso social, pois serão comandadas por interesses escusos. Se hoje as pesquisas são produzidas na liberdade do ambiente acadêmico e ajustadas às necessidades da população, com o início do programa se tornarão souvenirs a serviço de cifras milionárias. Programas de extensão deixarão de existir e a população atendida sofrerá uma deformação social. Estamos em risco de extinção. Vamos à luta. Não é mais pela sobrevivência. É por nossa existência. ...

Sessão do COUN que debateria o Future-se é adiada para o dia 27. Segue o jogo

Na quarta-feira (14), os conselheiros da UFPR foram comunicados pela Secretaria de Órgãos Colegiados (SOC) sobre o adiamento para o dia 27 de agosto da sessão do Conselho Universitário (Coun), que estava marcada para a manhã desta quinta-feira (15). Na pauta estava o programa Future-se. Segundo a SOC, os motivos para o adiamento são os seguintes: 1) o Ministério da Educação comunicou hoje, às 16h30, que o término do prazo de consulta pública foi estendido até 29/08; 2) várias unidades da universidade ainda não promoveram seus debates internos e/ou enviaram suas contribuições sobre o tema; 3) haverá na semana que vem reunião do Pleno da Andifes e audiência pública na Câmara dos Deputados que podem interferir decisivamente nos nossos debates internos; A APUFPR lamenta o adiamento da sessão do Coun desta quinta-feira. A reunião deveria ser mantida como espaço de debate, esclarecimento e diálogo. Certamente há dúvidas que ainda precisam ser esclarecidas e questões que precisam ...

mobilização
Marcha das Margaridas reúne 100 mil trabalhadoras rurais em Brasília

A capital federal foi tomada, nesta quarta-feira (14), por camisetas lilás e por chapéus de palha decorados com flores. A sexta edição da Marcha das Margaridas, tradicional manifestação das trabalhadoras do campo, levou 100 mil mulheres à Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Trata-se da maior ação conjunta de mulheres trabalhadoras da América Latina. Em 2019, a marcha abordou a importância da agroecologia e o necessário enfrentamento à violência contra a mulher no campo. A programação teve início na terça-feira (13), em uma sessão solene na Câmara dos Deputados que deu visibilidade às pautas das camponesas. A primeira edição da marcha foi realizada em 2000, no dia 12 de agosto, para marcar os 17 anos da morte da trabalhadora rural e líder sindicalista Margarida Maria Alves, assassinada em 1983 por lutar pelos direitos dos camponeses da Paraíba. Margarida, cuja voz ecoa na manifestação, é uma das vítimas de um dos países que mais matam ...

UNIVERSIDADE
Você sabe o que a universidade pública tem feito por você?

  Uma comunidade se desenvolve melhor e mais rápido quando a universidade pública promove formação, capacitação e qualificação sociais. Através da extensão universitária, a instituição caminha ao lado do povo, facilitando o progresso da democracia, do respeito e da igualdade. Você sabe o que a universidade pública tem feito por você? Fique por dentro e acompanhe com a gente. Mais que sala de aula, a universidade pública é o palco do Brasil real. Do povo brasileiro. Não há futuro sem universidade pública. #APUFPR #universidadepública #extensão #democracia #respeito #igualdade #porvocê ...

LANÇAMENTO
APUFPR-SSind convida para lançamento de livro sobre sequestros de crianças pela ditadura militar

Em tempos obscuros de exaltação à tortura e de escalada do autoritarismo, revisitar os absurdos do passado é fundamental para evitar que eles se repitam. O livro “Cativeiro sem fim: as histórias de bebês, crianças e adolescentes sequestrados pela ditadura militar no Brasil”, de autoria do jornalista Eduardo Reina, cumpre esse importante papel. Organizada pelo Instituto Vladimir Herzog e prefaciada pelo jornalista Caco Barcelos, a obra reúne histórias de crianças e adolescentes sequestrados pela ditadura militar brasileira, coletadas depois de uma intenso processo de investigação. Os 19 casos relatados no livro ilustram os atos desumanos do terrorismo cometido pelo Estado na época, com o sequestro de filhos de pessoas contrárias ao regime ditatorial. As vítimas foram entregues a famílias de militares e a pessoas ligadas aos órgãos de repressão. Algumas ainda hoje estão à procura de seus pais biológicos. Outras continuam desaparecidas, mas seus familiares contam suas histórias. A cerimônia de lançamento do ...

ATAQUE
Universidade pública na jaula de ferro

Um dos papéis da universidade pública é ajudar a sociedade a superar as limitações do obscurantismo. Entregar a universidade pública para setores sem compromisso com a sociedade é aprisionar a sua essência. Ela se voltará às elites e aniquilará as oportunidades dos mais pobres, transformando o ensino em mercadoria. Chegou a hora de romper as jaulas de ferro. Estamos em risco de extinção. Vamos à luta contra esse cárcere. Não é mais pela sobrevivência. É por nossa existência. ...

MUDANÇA
Assembleia Comunitária sobre o Future-se nesta terça (13) será realizada no Teatro da Reitoria

Nesta terça-feira (13), dia de Greve Geral da Educação, será realizada uma Assembleia Comunitária da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A atividade estava inicialmente prevista para o pátio da Reitoria, mas foi transferida para o Teatro da Reitoria por causa do mau tempo. O horário continua o mesmo: 15h. A Assembleia Comunitária é convocada pelas três entidades representativas na UFPR: Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná (APUFPR), Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do Estado do Paraná (SINDITEST) e Diretório Central dos Estudantes (DCE). A comunidade vai debater e avaliar os impactos e ameaças do programa Future-se, apresentado pelo Ministério da Educação (MEC). Ao final, os participantes seguirão para o grande ato na praça Santos Andrade. Serviço: Assembleia Comunitária da UFPR Data: 13/08/2019 (terça-feira) Horário: 15h Local: Teatro da Reitoria Pauta: – Informes – Future-se Fonte: APUFPR ...

cortes
Governo sufoca orçamento e universidades podem fechar em setembro (inclusive a UFPR)

Desde que determinou o corte de 30% no orçamento de custeio da estrutura das universidades e institutos federais, o Governo Federal impôs uma rotina de angústia às comunidades acadêmicas Brasil afora. Docentes, técnicos administrativos e estudantes não têm mais segurança sobre o futuro e, quanto mais o tempo passa, mais parece distante a perspectiva de manutenção do cotidiano das instituições. Grande parte delas já anunciou, em posicionamentos oficiais, que devem fechar as portas neste semestre caso os cortes sejam mantidos. Essa é a situação da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que talvez não consiga passar de setembro com as portas abertas. Segundo a Administração da UFPR, a universidade dispõe de apenas R$ 7 milhões para manter as despesas não obrigatórias até o final do ano, montante que não daria nem para um mês. Nessas condições, a UFPR não teria como arcar com serviços básicos, como limpeza, energia elétrica, vigilância, restaurantes universitários e transporte para ...

UNIVERSIDADE
Não há futuro sem universidade pública

Quando universidade pública e sociedade não podem caminhar juntas, o único destino possível é o fracasso. A produção acadêmica pública é a porta para um Brasil gigante: suas contribuições permitem o acesso a milhares de avanços científicos, culturais e tecnológicos, aproximando o povo das conquistas econômicas e sociais do país. Você sabe o que a universidade pública tem feito por você? Fique por dentro e acompanhe com a gente. Mais que uma fatia da economia, a instituição é um investimento na sociedade brasileira. Não há futuro sem universidade pública. #APUFPR #universidadepública #desenvolvimento #economia #sociedade #investimento #porvocê ...

Voltar