Nota da Diretoria do ANDES-SN de apoio e solidariedade à(o)s professore(a)s e estudantes do curso de filosofia da Universidade Estadual do Ceará – UECE

Nota da Diretoria do ANDES-SN de apoio e solidariedade à(o)s professore(a)s e estudantes do curso de filosofia da Universidade Estadual do Ceará – UECE

2018-12-06T09:52:27+00:0006 dez 2018|

O ANDES-SN – Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – tem acompanhado com grande atenção os casos de ingerência nas universidades por considerá-los uma antecipação do Projeto Escola Sem Partido, que tramita na Câmara dos Deputados. O referido Projeto ataca a liberdade de cátedra e fere princípios constitucionais, tais como, a autonomia, a democracia, a liberdade e coloca o(a)s professore(a)s e estudantes numa condição de vigilância constante, pressão e assédio moral.

Após a onda de invasões das polícias nas universidades no período pré-eleitoral, o Ministério Público Federal (MPF) do Ceará resolveu retomar o clima de intimidação e censura, escolhendo, como bola da vez, a Universidade Estadual do Ceará (UECE). À revelia da decisão da mais alta corte do país – o Supremo Tribunal Federal (STF) – que proibiu ações do judiciário e da polícia no ambiente universitário e desrespeitando o princípio constitucional da autonomia didático-científica universitária, o Ministério Público, através de sua procuradora, pediu esclarecimentos sobre a
existência de uma “ação antifascista” no Centro de Humanidades (CH), em Fortaleza.

O ANDES-SN torna pública sua solidariedade à(o)s professore(a)s e estudantes da UECE e se disponibiliza a prestar o apoio que for necessário para garantir
seus direitos.

Abaixo o arbítrio e o fascismo!
Em defesa da liberdade de ensino, pesquisa e extensão!

Brasília (DF), 5 de dezembro de 2018

Diretoria do ANDES-Sindicato Nacional