Extremista, governo Ratinho Jr. pede a prisão da presidente da APP Sindicato

5 de junho de 2024
walkiria-APP

Em uma clara tentativa de intimidar e criminalizar a mobilização legítima das educadoras e educadores da rede estadual, o governo de Ratinho Jr. pediu à Justiça a prisão de Walkiria Mazeto, presidente da APP Sindicato.

Este ato autoritário evidencia a postura repressiva do governador de extrema-direita, que, ao invés de promover o diálogo, opta por perseguir quem luta contra a privatização das escolas públicas do Paraná.

Sob o pretexto de combater a greve, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) atua de forma vergonhosa ao solicitar a prisão de uma líder sindical, revelando a falta de escrúpulos dos políticos neoliberais quando o objetivo é desmantelar os serviços públicos e silenciar a resistência dos servidores. Longe de demonstrar força, essa atitude escancara a fraqueza e a covardia daqueles que temem a organização popular e a defesa de uma educação pública e de qualidade.

A APUFPR expressa sua total solidariedade à professora Walkiria Mazeto e conclama toda a comunidade acadêmica da UFPR a intensificar o apoio à luta dos profissionais da rede estadual de educação. É dever de todos nós somar forças na defesa da educação pública e contra o autoritarismo.

Deixe sua mensagem de protesto nas redes sociais do governador e do governo estadual:

 

https://www.facebook.com/ratinhojunior

https://www.instagram.com/ratinho_junior/

 

https://www.instagram.com/governoparana/

https://www.facebook.com/governoparana


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS