Emenda quer retirar Palotina e Toledo da UFPR e desconfigurar a UNILA

17 de julho de 2017

unila_sky_6O deputado federal Sérgio Souza, por meio da Emenda Aditiva à Medida Provisória n° 785/2017, pretende acabar com a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA).

O projeto prevê mudanças na identidade e nas características de fundação da UNILA ao transformar a instituição em Universidade Federal do Oeste do Paraná (UFOPR), beneficiando empresas diretamente ligadas ao agronegócio.

Sérgio Souza é presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) da Câmara dos Deputados e um dos representantes da bancada ruralista.

De acordo com o presidente da APUFPR-SSind, Herrmann Vinícius de Oliveira Muller, esse é mais um ataque às universidades públicas do Brasil.

“Além da criação da UFOPR, a emenda também propõe a incorporação do setor Palotina da UFPR e do campus de Toledo à nova instituição. Essa medida quer acabar com a autonomia universitária e foi criada sem nenhum tipo de discussão com os professores e estudantes que serão diretamente afetados pela mudança”, ressalta.

A Medida Provisória n° 785/2017 visa desregulamentar o Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), aprovado após muita luta e pressão dos movimentos da educação no Brasil.

Petição pública

Para fortalecer a luta em defesa da UNILA, foi criado um abaixo-assinado online – que pode ser acessado clicando aqui. A meta é defender a instituição, sua identidade original e sua missão de formar cidadãos aptos para contribuir com a integração latino-americana e com o desenvolvimento regional, cultural e científico.

Confira a nota da UFPR clicando aqui.

Leia o comunicado da UNILA clicando aqui.

Fonte: APUFPR-SSind


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS