Ato em defesa da ciência no Brasil reúne centenas de pessoas na Praça Santos Andrade

Ato em defesa da ciência no Brasil reúne centenas de pessoas na Praça Santos Andrade

2018-12-03T11:14:52+00:0009 agosto 2018|

38789955_1855102637915009_6465666423350886400_nO ato Luto pela ciência, pela universidade pública, pelo futuro lotou a Praça Santos Andrade na manhã desta quinta-feira (9), no centro de Curitiba. A manifestação foi realizada em frente do Prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e chamou a atenção para a grave ameaça de cortes orçamentários à pesquisa brasileira.

A mobilização foi convocada pela APUFPR-SSind em parceria com outras instituições e entidades representativas de trabalhadores e do movimento estudantil.

Com cartazes, panfletos e palavras de ordem, os presentes denunciaram o projeto devastador do governo Temer para a ciência e tecnologia. Uma faixa preta pendurada nas escadarias do prédio da universidade representava o luto pela ciência, chamando a atenção da população. (Clique aqui e veja a galeria completa)

Entenda a mobilização

No início do mês, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes) denunciou a intenção do Governo Federal de reduzir drasticamente o orçamento do órgão. Essa medida impossibilitaria o pagamento de todas as bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado dos mais 93 mil discentes e pesquisadores, e a interrupção do pagamento de mais de 105 mil bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) a partir de agosto de 2019.

O ataque à ciência e ameaça à continuidade das pesquisas em desenvolvimento no país são mais um capítulo da gestão perversa de um governo sem nenhum comprometimento com a pesquisa e com o desenvolvimento do país.

Por isso a diretoria da APUFPR-SSind reitera a convocação ao ato unificado do Dia do Basta, que acontecerá amanhã (10), às 11h, em frente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Nessa data, toda a classe trabalhadora brasileira se manifestará em oposição ao retrocesso e aos desmontes que estão em curso no país. Saiba mais sobre a mobilização clicando aqui. Não deixe de participar! É hora de se mobilizar e resistir!

Fonte: APUFPR-SSind