Por que o ministro Abraham Weintraub deve ser afastado?

novo_site-8.jpg

A paciência chegou ao fim!

Diante de tantas declarações fantasiosas e infundadas do ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre as universidades federais e os docentes, a APUFPR o denunciou no Ministério Público Federal (MPF) do Paraná por improbidade administrativa, solicitando também que ele seja imediatamente afastado do cargo.

A principal motivação do pedido foi uma série de declarações de Weintraub sobre supostas plantações de maconha e esquemas de produção de drogas nas universidades federais.

Está claro que Weintraub não honra o cargo que ocupa e faz questão de atuar como perseguidor dos docentes e das instituições.

Para isso, não economiza insultos e mentiras, que circulam exaustivamente nas redes sociais e geram uma onda de desinformação e ódio conta toda a comunidade acadêmica.

Confira as declarações do presidente da APUFPR, Paulo Vieira Neto, e do Secretário-geral da APUFPR, Paulo Ricardo Opuszka, sobre os desmandos do ministro da Educação e o pedido de afastamento protocolado pela entidade:

Fonte: APUFPR


BOLETIM ELETRÔNICO


REDES SOCIAIS